Olá!

Estivemos afastados durante um tempo pois os compromissos de final de ano, festas e até mesmo uma viagem a trabalho nos impediram de atualizar o blog, mas 2014 já chegou e agora vamos engatar a primeira marcha aceleramos fundo para retomarmos as atualizações semanais aqui no blog.

O texto de hoje escrevi no dia em que assisti uma notícia no jornal que me deixou totalmente sem rumo. O texto estava pronto e não foi postado por falta de tempo, por isso hoje eu tive que reescrevê-lo, caso contrário não teria mais sentido.

Voltando ao assunto: Eu estava escrevendo sobre o final da linha para o Ford Ka por ele não contar com dois dispositivos de segurança que a nova lei de 2014 obrigaria todos os carros novos a saírem de fábrica equipados com eles, quando ouvi a notícia de que o governo poderia adiar a nova lei.

Lembro que após assistir a notícia no jornal, muito indignado falei comigo mesmo:

GUIA RÁPIDO: Como Comprar Seu Carro

A Surpreendente Verdade Que Nunca Contaram a Você Sobre o Mercado de Carros

​Preencha seus dados para receber o LINK do guia em PDF.

Espera aí, estamos falando de segurança, mas como estamos no Brasil… Não é de se estranhar que o governo volte atrás por pressão dos fabricantes, pois a explicação dada pelo ministro de que iria adiar a obrigatoriedade por medo de quedas nas vendas dos carros visto que eles ficarão mais caros, não me convence.

Depois de ouvir essa notícia, fui buscar mais informações na internet e encontrei duas manchetes que me deixaram muito decepcionado:

ford-ka-fim-da-producao

Governo deve adiar exigência de ABS e air bag em carros novos até 2016.

Mantega disse estar “preocupado” com aumento no preço e queda nas vendas dos veículos.

Se o nosso ministro da fazenda estava preocupado com a queda nas vendas, possivelmente continuaríamos sendo obrigados a comprar como opcional, equipamentos de segurança que deveriam ser itens de série. É pessoal isso aqui é Brasil!

Felizmente chegamos a 2014 com a nova lei em vigor, portanto ainda não entendi direito se o governo irá abrir uma exceção para a kombi, mas isso é uma outra história.

ford-ka-nao-e-mais-fabricado

No post do ano passado, escrevi sobre a Kombi que deixou a linha de produção já que não atendia as exigências da nova lei de 2014, assim o governo a condenou a morte pelo fato dela não ser equipada com os sistemas de air bag e abs, mas já nem sei mais o que dizer, visto que as informações a respeito da Kombi ainda estão confusas, então irei aguardar a conclusão do governo em relação a perua da VW antes de comentar alguma irrealidade.

Adeus Ford Ka

Hoje quero homenagear o Ford Ka, subcompacto da Ford que teve sua produção iniciada no Brasil em 1997.

Segundo vários sites, a Ford encerrou a produção não só do Ford Ka como da picape Courier a bastante tempo.

A dupla deixou a linha de produção visando ampliar a fabricação do novo New Fiesta.

A Ford Courier era a versão picape do Fiesta, o modelo foi lançado em 1997 e em 2000 passou por um pequeno facelift para tentar disfarçar a idade e assim permaneceu até ser descontinuada.

ford-ka-interior

A versão utilitária do Fiesta nunca vendeu muito desde seu lançamento, porém as vendas caíram ainda mais pelo fato da Ford não investir mais no carrinho. A Courier nunca teve o mesmo carisma da sua antecessora, por isso acho que a Ford errou a mão ao colocá-la no lugar da Pampa.

Lembro muito bem do lançamento do Ford Ka, minha irmã ganhou um modelo 0 km logo no seu lançamento. Além de o carro ter um visual muito fora do comum, o da minha irmã era um azul que na verdade tinha uma tonalidade roxa, e isso fazia com que chamássemos a atenção de todos por onde passávamos, era impossível passarmos despercebidos quando estávamos a bordo daquele carrinho que era a maior novidade no momento.

Como minha irmã preferia usar outro carro, um Escort 1.8i GL após 3 anos ela vendeu o pequeno Ford Ka com pouco mais de 12 mil quilômetros rodados, sorte de quem o comprou.

De lá para cá o pequeno carrinho da Ford mudou pouco, pelo menos até 2007, quando ele passou por uma forte reestilização que o distanciou muito da versão européia.

Ainda sem nenhum substituto, a Ford conta agora apenas com o antiquado Ford Fiesta como modelo de entrada. Infelizmente ou felizmente não sei ao certo, a Ford nos deixou órfãos, pelo menos até a chegada do novo Ford Ka. Na verdade não sabemos se esse será o nome adotado pelo novo subcompacto, particularmente acho que o substituto do Ka, já que será um carro totalmente novo merece também um novo nome, assim o Ka poderá descansar em paz.

Feliz 2014 para todos, espero que vocês leitores permaneçam conosco durante todo o ano o ano que se inicia.

Até breve pessoal.

Leia Também