Faz bastante tempo que eu queria escrever sobre o novo câmbio da Ford (Câmbio Automatizado Powershift), mas como eu estava focado em outro projeto me dediquei totalmente a ele, então a minha impressão sobre o tal novo câmbio de dupla embreagem da Ford acabou ficando de lado. 

Já dirigi carros com os câmbios Easytronic conhecido também como easytranco, Dualogic e Imotion, mas nenhum deles me empolgou. Brincadeiras a parte, o câmbio automatizado da Gm nem é tão ruim assim, na verdade seu funcionamento é bem parecido com o automatizado da VW. E justiça seja feita, a atualização no câmbio da Fiat agora chamado de Dualogic Plus conseguiu diminuir os indesejados trancos, e outra melhora se diz ao fato dele contar com a função creeping, (dispositivo que movimenta o carro após soltar o pedal do freio) assim a condução ficou mais parecida com a de um carro equipado com câmbio automático, escrevi sobre isso há alguns meses no post: Câmbio automático X Câmbio automatizado.

Câmbio Automatizado Powershift test-drive

Câmbio Automatizado Powershift, a hora do test drive

Com os vários compromissos diários, achei que fosse improvável fazer um test drive num modelo equipado com o câmbio Powershift enquanto ele ainda fosse novidade, porém num belo sábado de sol de junho, acordei cedo e fui a uma concessionária Ford aqui de Curitiba para andar com um novo Ford New Fiesta e assim testar a grande novidade que era o câmbio Powershift.

O câmbio automatizado de 6 marchas de dupla embreagem da Ford, é muito bom e as minhas impressões foram as melhores, o desempenho é muito suave, realmente quase não senti as trocas, as mudanças de marcha são muito melhores que as do meu Sandero Privelegé por exemplo, que apesar de ter um câmbio automático defasado, deveria ser menos áspero já que é um automático de verdade como costumam dizer por aí.

GUIA RÁPIDO: Como Comprar Seu Carro

A Surpreendente Verdade Que Nunca Contaram a Você Sobre o Mercado de Carros

​Preencha seus dados para receber o LINK do guia em PDF.

Gastei um pouco mais de gasolina do que imaginava, pois na primeira concessionária que estive, fui informado que eles não tinham o carro para teste, fui mal atendido e nem quis perder tempo reclamando, fiquei triste com isso, pois só no ano de 2010 comprei 3 carros nessa concessionária. Independente disso, qualquer pessoa merece um bom atendimento, fato é que depois do acontecido nunca mais comprarei lá.

Depois fui até outra concessionária Ford, onde fui muito bem atendido e finalmente pude andar com um carro equipado com o câmbio de dupla embreagem. Percebi que com a marcha à ré engatada ao soltar o pé do freio, o carro não respondeu prontamente, demorando um pouco até começar a se movimentar, o que em minha opinião foi o único ponto desfavorável do câmbio, aliás, o único.

Câmbio Automatizado Powershift tem muitos pontos positivos mas…

Com a manopla de câmbio na posição D o carro também demorou em se movimentar logo ao soltar o freio, o que causa certo desconforto, principalmente se você está acostumado a dirigir carros automáticos. Descontando essa pequena desvantagem, de resto o câmbio é só alegria, faz trocas rápidas e suaves deixando o motor sempre disposto, quando troquei a alavanca de câmbio para a posição S, o desempenho realmente ficou mais esportivo e o câmbio fez as trocas com rotações do motor mais altas. Não posso deixar de mencionar que em subidas o carro não desce, graças ao HLA que é um assistente de partida em rampa, responsável por segurar o carro por 3 segundos. Porém, ao final desse tempo o sistema desativa o freio e o carro fica livre, mas os 3 segundos são mais que suficientes para você tirar o pé do freio e acelerar evitando uma colisão.

Outro ponto positivo desse tipo de câmbio, é que ele não rouba potência e de quebra deixa o motor mais econômico.

As trocas são quase imperceptíveis e o câmbio casou muito bem com o potente motor Sigma 1.6 16v do novo New Fiesta, achei muito legal dirigir o pequeno Ford que trás equipamentos de “gente” grande como os controles de estabilidade e tração. Os trancos não existem graças a caixa de câmbio ser composta por duas embreagens, ou seja, a marcha seguinte está pré engatada, fazendo com que as trocas (inclusive reduções) sejam sempre suaves.

O Câmbio Automatizado Powershift vale cada centavo!

Como minha intensão é apenas contar sobre minhas impressões em relação ao câmbio não vou me estender a outras questões do carro. Finalizo dizendo que se você gosta de carros automáticos, vale muito a pena investir num New Fiesta com câmbio automatizado, pois realmente o desempenho é bastante satisfatório. Deixando de lado o pequeno delay entre o ato de soltar o pedal de freio e o carro iniciar seu movimento, certamente você irá se divertir bastante e poderá definitivamente aposentar o pé esquerdo, relaxando e dirigindo um carro com um câmbio moderno e sofisticado. Pena que os carros com câmbio automatizado da Ford mesmo usados, ainda estão muito caros, mas acredito que daqui alguns meses os preços já estejam mais “agradáveis”.

Boa sorte e boa compra.

Leia Também


Ronaldo Mendes
Ronaldo Mendes

“Ler sobre carros sempre foi minha paixão, eu sempre ajudei amigos e familiares a decidir a compra de um carro, agora estou conseguindo fazer isso com muito mais pessoas, é um grande prazer”.