Corsa Classic: Pensando em comprar um sedã compacto versátil e barato para uso no seu dia a dia?

Quer uma boa opção?

Saiba que o Corsa Classic, apesar do seu jeitão antiquado, ainda pode ser uma boa compra.

Quer saber mais?

Então acompanhe o artigo de hoje para saber se o Corsa Classic preenche seus requisitos.

GUIA RÁPIDO: Como Comprar Seu Carro

A Surpreendente Verdade Que Nunca Contaram a Você Sobre o Mercado de Carros

​Preencha seus dados para receber o LINK do guia em PDF.

Quer um sedã usado da Chevrolet com mais espaço? Que tal o Vectra Elite?

Corsa Classic, sedã ou apenas Classic?

O Chevrolet Corsa Classic, desde 2003 ganhou a denominação de Classic, a fim de diferenciá-lo da nova geração da família Corsa.

Corsa Classic ou apenas Classic?

Resumindo o Corsa sedã passou a se chamar Corsa Classic em 2002, e em 2003 apenas Classic.

Porém, o nosso Classic, nada mais é que uma versão antigo Corsa sedã que fez muito sucesso por aqui nos anos 90.

E, digo mais, na verdade, ele é o Sail que foi fabricado e aposentado na China há alguns anos.

Eu nunca deixei de vê-lo como Corsa, e assim como eu, muitos consumidores brasileiros também acham que o Chevrolet Classic mesmo remodelado, nunca deixou de ser o Corsa Classic ou até mesmo Corsa Sedã.

Independente das inúmeras denominações, aqui, vocês verão eu me referindo ao Classic como Corsa Classic, combinado?

O Corsa Classic, foi lançado por aqui em 1995, como Corsa sedã.

E, depois de 20 anos de produção, ele deixou a linha de montagem da Chevrolet e foi substituído pelo Prisma Joy.

Nesses 20 anos de produção, ele possuiu diversas versões e motorizações e foi muito desejado pelos brasileiros.

Ainda lembro com muita saudades do Corsa 1.6 GLS verde do meu vizinho.

Ele era um carro moderno e naquela época muito bonito. O desenho das rodas de liga leve eram um dos destaques do belo sedã.

A Chevrolet fabricou até versões equipadas com câmbio automático, que antigamente já eram raras, hoje são ainda mais difíceis de encontrar.

Será que podemos confiar em carros usados com câmbio automático?

Mas, voltando ao Corsa Classic, digo que ele é uma opção a ser considerada para quem busca um sedã pequeno, ágil e versátil.

Leia também ...   Ranger 2016, boa para o asfalto ou chão de terra?

Vale a pena comprar um carro usado?

Corsa Classic: Design

É verdade que seu desenho não chama atenção.

Corsa Classic moderno?

Contudo, devemos lembrar que seu projeto é o praticamente o mesmo desde 1995, porém, você se surpreenderá ao dirigi-lo.

Em comparação ao modelo lançado aqui em 1995, a versão 2011 que foi a que dirigi antes de escrever esse post, parece até moderninha.

Na frente o destaque fica para a grade, para-choques e faróis. Já na traseira os novos para-choques e lanternas, mereciam mais capricho.

Algumas pessoas acham o desenho da traseira desproporcional e pouco interessante. E vocês o que acham?

Corsa Classic, traseira sem carisma

Bem, como gosto não se discute, nem vou opinar.

Brincadeiras a parte, o importante, porém, é que o Corsa Classic não perdeu as qualidades da versão anterior.

Quando pensamos que em 20 anos ele vendeu mais de 1,5 milhão de unidades, não podemos dizer que ele é um carro sem carisma.

Além disso, alguma qualidade ele deve ter pra vender tanto, vocês não concordam?

No mercado de usados ele faz sucesso pela sua versatilidade e acima de tudo, pelo preço bastante acessível.

Sim, atualmente considero o valor uma das suas principais vantagens.

Está disposto a gastar mais dinheiro num sedã mais moderno? Confira aqui o que dissemos do Chevrolet Cruze.

O mesmo não pode ser dito, quando pensamos no valor dele quando era novo. Pois, em algumas versões mais equipadas, ele era bastante caro para o que oferecia.

Mas, hoje como seminovo ou usado, se compararmos ele ao seu primo-irmão: Prisma, o Corsa Classic ganha disparado no quesito preço.

Como é o espaço interno do Corsa Classic?

Seu porta-malas com capacidade para 390 litros, está longe de ser o desejado para um sedã.

Corsa Classic porta malas apenas razoável

Todavia, não devemos esquecer que além de estarmos tratando de um sedã compacto e também pela sua motorização, seu forte mesmo é o seu uso na cidade.

Nesse caso, o porta-malas deve ter espaço suficiente para as compras de mercado e para isso, o bagageiro do Classic, tem espaço de sobra.

O Corsa Classic, tem um acabamento apenas correto, mas, não deixa de ser interessante para quem quer gastar pouco.

Leia também ...   Honda HR-V: Design moderno e atraente para conquistar você

O pequeno sedã atende muito bem uma família pequena.

Corsa Classic interior despojado

Digo isso, pois, o espaço interno é apenas suficiente para 4 adultos e 1 criança, nele não existe conforto de sobra.

Dirigindo o Corsa Classic

Infelizmente a posição de dirigir não é das mais agradáveis, o volante torto, me remete diretamente a posição de condição entregue pelo saudoso GMB Chevette.

O Corsa Classic 2011, é equipado com um motor de 1000 cilindradas, mas, ele tem um desempenho que surpreende.

A explicação para isso é que ele pesa pouco, são apenas 920 kg e por isso, o motor 1.0 dá conta do recado direitinho.

O motor 1.0 VHCE gera 77 cavalos quando abastecido com gasolina e 9,5 kgfm de torque.

Já com etanol no tanque, a potência é de 78 cavalos e 9,7 kgfm de torque.

Parece pouco né?

Porém, essa pouca potência e força permitem que o pequeno GM ande com tranquilidade, dá até a impressão que o motor é maior.

Entretanto, o grande segredo está no bom câmbio manual de 5 marchas.

As marchas são muito bem escalonadas e mesmo com o carro carregado, em aclives com o ar-condicionado ligado, ele enfrenta a situação sem grandes dificuldades.

De uma maneira geral, o desempenho é razoável e agrada.

Ainda assim, indico a vocês que façam um teste com o Corsa Classic, para tirar suas conclusões.

Corsa Classic: consumo

E, como nos dias de hoje o que mais queremos é economizar, informo que outro ponto forte do carro é que ele não exagera no consumo.

Sim, o consumo é coerente com o que chamamos de carro popular.

Levando em consideração que o seu motor é antigo, ainda assim ele consome dentro do esperado.

Claro, que ao longo dos anos, seu motor recebeu pequenas melhorias. Mas, sua base é a mesma desde seu lançamento.

As médias de consumo num trajeto misto de cidade e estrada são:

Gasolina: 10,2 km/l

Etanol: 6,9 km/l

Quer dicas para dirigir economicamente?

Segurança

Antes de sair de cena, a Chevrolet por obrigatoriedade da lei, investiu um pouco mais em segurança.

Todavia, no modelo 2011 do Corsa Classic ela ainda ficava em segundo plano.

Pois, infelizmente o Corsa Classic não possui os importantes airbags e abs.

Leia também ...   Ford Focus: seminovo com grandes qualidades e recheado de equipamentos

E, os dois únicos encostos de cabeça dos bancos traseiros, são fixos. Para piorar, o cinto de segurança do passageiro central do banco traseiro, é de dois pontos.

Antes de você se decidir, pense também no Fiat Siena 1.0

Finalmente

Para quem não liga em ter um sedã compacto com aparência mais antiga, o Corsa Classic é uma opção interessante.

Corsa Classic, boa opção

Porém, como a maioria dos carros populares usados, normalmente eles não são bem conservados.

Mas, fiquem tranquilos, existem excessões.

No entanto, será preciso uma boa dose de paciência para encontrar um veículo em ótimas condições.

Mas, não desanime, com tempo e disposição, certamente você encontrará um Corsa Classic que mereça ocupar a vaga da sua garagem.

Como sempre recomendo: faça um teste drive, ele é muito importante para lhe ajudar na escolha de um bom veículo.

Se você não sente-se a vontade para avaliar o estado do veículo sozinho, procure ajuda de um amigo que entenda um pouco melhor de carros, ou até mesmo busque ajuda profissional.

Lamentavelmente o mercado de usados, está cheio de carros em péssimo estado de conservação.

Se você encontrar um carro que não esteja em excelente estado de conservação, com um valor muito atrativo, fuja dele. Pois, acredite: não vale a pena.

Conheça aqui 5 itens que desvalorizam um carro!

Melhor pagar o valor correto por um modelo excelente, do que pagar menos e ter que gastar milhares de reais para deixá-lo em dia.

Se você comprar o seu Corsa Classic em bom estado, mas sem documentação que comprovem que as manutenções estejam em dia, a dica é parar o carro numa oficina e fazer uma boa revisão.

Após, é só cuidar das manutenções preventivas, para não ficar na mão quando menos se espera.

Lembre-se: carro com manutenções em dia, quase nunca dão dor de cabeça.

Você sabe quais cuidados deve ter para deixar seu carro sempre com aparência de novo?

Então, nada melhor que manter o seu veículo bem cuidado, para não ter surpresas, ou melhor dizendo problemas com seu funcionamento.

Você poderá gostar também: Logan 1.0

Leia Também


Ronaldo Mendes
Ronaldo Mendes

“Ler sobre carros sempre foi minha paixão, eu sempre ajudei amigos e familiares a decidir a compra de um carro, agora estou conseguindo fazer isso com muito mais pessoas, é um grande prazer”.