C3: O visual da segunda geração do Citroen C3 atual, agrada muito mais que a antiga.

Seu estilo peculiar não deixa meio termo, uns amam outros odeiam.

C3: ame ou odeie.

Mas, não podemos deixar de dizer que seu estilo ousado, chamava mais atenção quando foi lançado.

Hoje ele ainda tem linhas modernas, mas, não causa tanto impacto.

GUIA RÁPIDO: Como Comprar Seu Carro

A Surpreendente Verdade Que Nunca Contaram a Você Sobre o Mercado de Carros

​Preencha seus dados para receber o LINK do guia em PDF.

No lançamento da linha 2017, a grande novidade está escondida dentro na casa de máquinas.

O motor do C3 mudou e para melhor

O motor flex de três cilindros e 1200 cilindradas é a grande novidade da linha, ele é o mesmo motor que equipa o Peugeot 208.

Já falamos do Peugeot 208 aqui, com a motorização de cilindrada maior. Quer saber nossa opinião sobre o hatch?

Como faz parte do grupo PSA, a Citroen compartilha o motor com a Peugeot, e com a chegada do propulsor 1.2 o 1.5 foi descontinuado.

Veja também: Uno com motor firefly

Quer saber qual é a potência do C3?

O motor 1.2 Pure Tech 12 válvulas entrega 84 cavalos com gasolina e 90 cv quando abastecido com etanol, já o torque é de 12,2 kgfm e 13,0 kgfm respectivamente.

Você está procurando um hatch compacto Premium e não deseja gastar muito combustível?

Talvez, você encontre no C3 o que está buscando.

Quer saber mais?

Então, continue acompanhando o artigo de hoje para saber minhas impressões sobre o C3.

Se você está lendo esse parágrafo, já sei que seu interesse é pela economia, certo?

Pois, vamos logo ao ponto principal.

Leia também ...   Palio Way: Visual aventureiro, porém, excelente para uso urbano.

C3: Econômico?

Gosta do Honda Fit?

Num percurso misto de cidade e estrada, as médias alcançadas pelo C3 foram as seguintes:

Gasolina: 10,7 km/l
Etanol: 15,0 km/l

São números que colocam o C3 entre os mais econômicos do mercado.

Logicamente por estarmos falando de um motor de 1200 cm3 de cilindrada, você deve estar preocupado com o desempenho, não é mesmo?

Consumo do Prius

C3: como é o desempenho?

Mas, fique tranquilo, saiba que nesse quesito ele também não decepciona.

C3: desempenho

Claro, não se pode esperar acelerações e retomadas dignas de um modelo esportivo, mas, com o bom escalonamento das marchas, ele se sai bem.

Porém, quando o C3 está carregado e com o ar-condicionado ligado, é preciso não ter preguiça de trabalhar um pouco mais o bom câmbio de 5 marchas para deixá-lo sempre esperto.

Nas subidas ou em retomadas, basta reduzir a marcha e ele encara essas atividades sem grandes problemas.

O desempenho não é o que posso chamar de excelente, mas, também não chega a comprometer a segurança.

A única coisa que achei desagradável é o barulho do trambulador, a cada troca de marcha o som produzido pelo sistema acaba incomodando.

Pensando em comprar um usado automático, será que podemos confiar?

No restante o C3 ano 2017 que dirigi é igual ao modelo anterior.

Apesar do acabamento mais simples, com uso de plástico duro, a versão topo de linha: Tendance, agrada pelos bons arremates.

Além disso, os equipamentos de série do C3, também são muito interessantes:

Luzes diurnas com leds;
Faróis de neblina;
Teto panorâmico;
Trio elétrico;
Ar-condicionado digital automático;
Rodas em liga leve;
Sensor de estacionamento traseiro;

Isso só para citar os destaques.

Leia também ...   Up Tsi: nele potência e economia caminham lado a lado

Você poderá gostar: Palio Dualogic

C3: Interior

Uma coisa que não entendo é o fato dele ter cinto de 3 pontos para o passageiro central do banco traseiro, mas, não ter apoio de cabeça para o mesmo.

C3: plástico duro no interior

Além disso, ainda fica devendo os importantes controles eletrônicos de tração e estabilidade.

A central multimídia é simples, sem GPS, contudo, permite espelhamento de smartphones.

O espaço interno é bom, entretanto, leva com conforto apenas quatro adultos e uma criança.

A sensação de espaço é ampliada quando se abre o teto panorâmico.

O porta-malas por sua vez, tem capacidade para 300 litros.

O tamanho é um pouco melhor que dos concorrentes do mesmo segmento que o C3.

E, se precisar de mais espaço, basta rebater os bancos.

C3: porta-malas com capacidade para 300 litros

Ao dirigir o carro, percebi que os franceses finalmente entenderam como é andar com um carro nas ruas e estradas brasileiras.

Toda aquela barulheira dos primeiros modelos do C3, ficaram no passado.

Com as modificações, a suspensão agora filtra bem as irregularidades do solo, deixando o C3 confortável ao rodar e como bônus: mantém o interior silencioso.

A melhoria na suspensão, também se reflete na estabilidade, que é um dos pontos fortes do modelo.

Outro inconveniente é a direção elétrica, muito macia para manobrar. Todavia, mostrou-se muito leve em velocidades mais elevadas, o que prejudica um pouco a dirigibilidade do C3.

Será que vale a pena comprar um carro usado?

Finalmente

Tudo somado, o C3 1.2 tem mais qualidades que defeitos.

Tem desempenho honesto e ainda é econômico.

É bem equipado e o valor pedido pelo seminovo é bem mais agradável do que o que se pede pelo modelo 0 km.

C3: belas linhas na traseira

A vantagem de comprar um seminovo, além de já estar com emplacado e com os impostos pagos é que você ainda poderá contar com a garantia de fábrica.

Leia também ...   Symbol: Confira aqui qual sua maior desvantagem

Lembrando que para manter a garantia, é necessário fazer todas as revisões indicadas pelo fabricante.

E a boa notícia é que as primeiras revisões do C3 têm preços bastante interessantes.

Bom para você e para seu carro.

Seminovo ou 0 km?

Outro detalhe importante: mesmo comprando em concessionárias, não abra mão de chamar ajuda profissional, se você não se achar preparado para avaliar, tenha certeza que vale o investimento.

Comprando em concessionárias, você tem garantia de procedência, isso quer dizer que você não corre o risco de comprar um carro roubado ou sinistrado oriundo de perda total.

Porém, infelizmente até mesmo no pátio das concessionárias, você encontra carros mal reparados e mal conservados.

Então, o melhor mesmo é levar alguém que entenda pelo menos o básico sobre carros.

Relembrando:

Faça um test drive para avaliar o estado do carro

Não compre por impulso

Após comprar seu carro, não deixe de revisá-lo para que ele continue sempre com a mecânica em ordem e não te deixe na mão, justamente naquele dia que você mais precisar do seu veículo.

Estar atrasado para um compromisso importante, chegar na garagem e simplesmente seu carro não funcionar?

Ou ainda num cenário pior, você está a caminho do compromisso e o carro quebra no meio do trânsito, atrapalhando sua vida e dos outros motoristas?

Você já passou por isso?

Se não ótimo! Mas, o melhor mesmo é não arriscar.

Então, independente do carro da sua escolha, o ideal é cuidar da manutenção sempre.

Leia Também


Ronaldo Mendes
Ronaldo Mendes

“Ler sobre carros sempre foi minha paixão, eu sempre ajudei amigos e familiares a decidir a compra de um carro, agora estou conseguindo fazer isso com muito mais pessoas, é um grande prazer”.