Como dirigir carros automáticos? Coincidentemente nas últimas semanas de dezembro, recebi vários e-mails de leitores aqui do blog, pedindo dicas de como dirigir carros automáticos.

Então, percebi que chegou a hora de abordar esse assunto, dando a resposta através de um artigo para atender a todos.

Logo, é sobre como dirigir carros automáticos que vamos falar hoje.

Quer um carro com transmissão automática de 6 marchas? O que acha do Peugeot 308?

E você, sabe como dirigir carros automáticos?

Se a resposta for não, vem comigo para aprender de uma vez por todas, pelo menos na teoria, como dirigir carros automáticos.

GUIA RÁPIDO: Como Comprar Seu Carro

A Surpreendente Verdade Que Nunca Contaram a Você Sobre o Mercado de Carros

​Preencha seus dados para receber o LINK do guia em PDF.

Como dirigir carros automáticos

Para algumas pessoas é algo tão comum que até parece piada!

Contudo, para muitos o assunto: como dirigir carros automáticos, ainda é um bicho de 7 cabeças.

Desde os meus 12 anos de idade, eu já sabia na teoria como dirigir carros automáticos.

Entretanto, minha primeira oportunidade de dirigir um carro automático, aconteceu muitos anos após surgir a curiosidade.

Na verdade, mesmo antes de eu ser habilitado, manobrei alguns carros com câmbio automático.

Porém, colocar um carro automático para andar de verdade, se não me engano aconteceu depois dos meus 18 anos.

Naquela época era raro encontrar carros automáticos.

O brasileiro ainda tinha preconceito com carros equipados com transmissão automática.

Seja por conta do custo de manutenção ou pelo fato do maior consumo de combustível.

Top dicas para economizar combustível.

Era o tempo em que se usava o termo carro hidramático.

Carro hidramático, nada mais é que um carro equipado com um câmbio com comando automático, acionado por meio de um sistema hidráulico, conhecido hoje apenas como automático.

Todavia, o tempo passou e o câmbio automático, cada vez mais está ganhando a preferência do brasileiro.

Carros automáticos usados: podemos confiar?

E as tecnologias, estão fazendo os consumidores atuais tirarem o pé do pedal da embreagem e assim darem descanso para a perna e pé esquerdo.

Dicas de ouro para financiar um veículo!

Ainda conheço muitas pessoas que odeiam carros automáticos, entretanto, esse número tem diminuído significativamente.

Mas, é preciso saber que quando deixamos para trás o câmbio manual, é preciso reeducar o cérebro.

Corolla 2015: automático durável.

Você deve estar pensando: ótimo! Mas, como dirigir carros automáticos?

A resposta você terá nas próximas linhas desse texto.

Leia também ...   Symbol: Confira aqui qual sua maior desvantagem

Conheci algumas pessoas que tiveram muita dificuldade em se educar até aprender como dirigir carros automáticos.

Uma colega de trabalho, me contou que por muitas vezes ela afundou o pé esquerdo no freio, achando que era a embreagem.

Ela levou muita sorte de não ter nenhum carro colado na traseira do seu, pois, poderia ter causado uma colisão cometendo esse erro.

E para quem já tem alguma dificuldade e ainda intercala a direção entre carros automáticos e manuais, o problema é de pisar na embreagem achando que está pisando no freio.

Não é comum, mas já li e-mails de alguns leitores, contando que cometeram esse erro também.

Como consequência, um deles, colidiu na traseira de outro veículo.

Eu sei que parece história para boi dormir, mas, não é.

Já pensou em comprar um Ecosport automático?

Contudo, o que acontece no cérebro do motorista habituado ao câmbio manual é que no momento em que se dirige um carro com câmbio automático, existe um conflito de tarefas.

Quando você está dirigindo um carro com câmbio mecânico, é preciso utilizar a mão direita para fazer as mudanças de marcha e a perna esquerda para pressionar o pedal da embreagem.

Quando você vai para o automático, é preciso inibir esse funcionamento que você aprendeu antes de ser habilitado.

Sim, essa explicação só vale para os marinheiros de primeira viagem.

Felizmente a popularidade de carros com esse tipo de equipamento tem crescido, inclusive entre os mais baratos.

Muitas pessoas não tem a menor ideia de como dirigir carros automáticos.

Uma leitora me enviou a seguinte pergunta:

Beleza, entro no carro ligo e depois, como dirigir carros automáticos?

A segunda pergunta dela: O que significa a letra P?

Como dirigir carros automáticos? Decifrando o enigma das letras

Pois bem, vamos decifrar essa sopa de letrinhas, que se encontra ao lado da alavanca de posições num carro automático:

P – Parking

Ou estacionamento, só se usa quando o carro está desligado para travar as rodas.

R – Reverse

Ou marcha a ré

N – Neutral

Ou neutro, equivale a ponto morto, mas nunca deve ser usado com o carro em movimento.

M – Manual

Serve para quando você quiser anular a função automática.

Assim, você poderá fazer as mudanças manuais, dentro do limite permitido pelo sistema.

D – Drive

É o principal, significa dirigir de forma automática.

Com o câmbio nessa posição, não há preocupações para reduzir ou avançar marchas.

Leia também ...   Corolla 2015: Belo, confiável e bom no mercado de seminovos.

O câmbio trabalha por você. Em resumo, basta você acelerar e frear.

Existem outras variações de letras e até números dependendo do modelo do carro.

Mas, as principais agora você já conhece.

Dicas: Como dirigir carros automáticos?

Para quem nunca dirigiu a dica é mentalizar.

Ao entrar no carro, mentalize que o seu pé esquerdo está colado no assoalho do carro.

Pois, você não deverá utilizá-lo para realizar nenhuma ação.

Você usará apenas o pé direito.

Provavelmente o pé esquerdo, acostumado com o pedal da embreagem, lutará contigo para ser usado.

Não se preocupe, você não é o único e nem será o último a passar por isso.

Nessa situação, você precisa fazer uma força adicional, para inibir essa vontade de movimentação.

Para alguns motoristas, a adaptação é muito rápida, em menos de um dia dirigindo, já está acostumado com a nova forma de conduzir.

Para outros, é necessário um pouco mais de tempo e paciência.

Porém, no máximo em duas semanas, já estão totalmente habituados.

Para os que tem maior dificuldade, é interessante que não se pegue ruas ou estradas muito movimentas logo no início.

Pois, o cérebro necessita de um tempo, para transformar essa nova forma de dirigir em um algo comum.

Depois de um tempo, mesmo as pessoas que dizem não gostar de câmbio automático, e que tiveram dificuldade de adaptação, percebem que dirigir um automático não é nenhum bicho estranho, impossível de domar.

A gente nunca pode perder a oportunidade de aprender coisas novas, para quem quer comprar um automático e tem medo de não se acostumar, eu aconselho: Compre, vale muito a pena!

E digo mais, certamente você gostará.

Para os que intercalam o uso entre carros automáticos e manuais e ainda assim encontram dificuldades, o conselho é o seguinte:

Qualquer automóvel que você entrar, com o pé esquerdo procure a embreagem.

Tem embreagem? É o mecânico.

Aparentemente não tem problema, pois, seu funcionamento já é um velho conhecido.

Problemas na embreagem? Saiba como identificar!

Percebeu que não tem embreagem?

Posicione seu pé esquerdo para trás e o deixe colado no chão.

Como dirigir carros automáticos?

Outra coisa, amarre o cadarço do calçado direito um pouco mais forte.

Para que serve isso?

Para você ter a percepção que é o pé direito que você utilizará.

Parece besteira, mas faz a diferença!

Você ainda tem dúvida de como dirigir carros automáticos?

Resumidamente, o passo a passo é o seguinte:

1. Pise no freio, ligue o carro.

Leia também ...   Ford Ecosport XLT automático – Aventureiro, ágil e confortável

2. Alguns câmbios têm uma trava de segurança para permitir a movimentação da alavanca, se for o caso, pressione o botão para liberar a trava e posicione o câmbio na posição desejada D ou R.

Não esqueça de liberar o freio de estacionamento.

3. Solte o pé do freio e perceberá o carro em movimento tanto para frente quanto para trás.

4. Se escolheu a posição D, após tirar o pé do freio, o carro entrará em movimento suavemente para a frente.

5. Após isso, é só acelerar e a transmissão se encarregará de fazer as mudanças adequadas para quaisquer tipo de trafego.

Existe também uma função chamada kick down, utilizada para você reduzir uma marcha ou mais em caso de uma necessidade de retomada de velocidade mais rápida.

Para realizar essa função, basta pressionar o pedal do acelerador até o final do curso e o câmbio fará a redução da marcha.

6. Para fazer quaisquer mudanças de posição, pare o carro totalmente e só após faça a troca desejada.

Existem variações entre câmbios automáticos, CVT e automatizados, e são diferentes também os comandos dependendo do modelo do carro: teclas, botões giratórios, alavancas, haste no local onde seria comum o acionamento do limpador de para-brisa e por aí vai.

Como dirigir carros automáticos?

Porém, todos eles têm a mesma função, que é lhe proporcionar praticidade e dar fim ao pedal da embreagem.

Já falei sobre como dirigir um carro com câmbio automatizado, em um artigo aqui no blog.

Palio Dualogic: vale a pena comprar o hatch com câmbio automatizado da Fiat?

Inclusive num artigo, escrevi minhas impressões sobre o câmbio Powershift da Ford.

PS: Em alguns aclives, dependendo do modelo do carro, não se preocupe, pois, o carro não descerá.

Mas, certifique-se disso antes de confiar totalmente no seu carro.

Sandero automático: Adeus embreagem.

Agora, uma dica importante

Para garantir durabilidade para sua transmissão automática, para estacionar o veículo, proceda da seguinte maneira:

Com o pé no freio, posicione a alavanca em N, acione o freio de estacionamento, tire o pé do freio, deixando o carro fixado pelo freio de mão e só após coloque a alavanca na posição P.

Assim, você evitará de sobrecarregar o sistema com o peso do carro, pois, nessa condição o peso do veículo, ficará nos freios e não no câmbio.

Finalmente

Os câmbios automáticos chegaram para facilitar o nosso dia a dia.

Se ainda tem medo, solicite que alguém o acompanhe nos primeiros momentos.

Após isso, desfrute de todo prazer e conforto que só um bom câmbio automático poderá lhe proporcionar.


Ronaldo Mendes
Ronaldo Mendes

“Ler sobre carros sempre foi minha paixão, eu sempre ajudei amigos e familiares a decidir a compra de um carro, agora estou conseguindo fazer isso com muito mais pessoas, é um grande prazer”.